This is a bridge
This bridge is very long
On the road again
This slideshow uses a JQuery script adapted from Pixedelic

Menu


Fundo Municipal de Saúde de Indaial

Campanha Contra Paralisia Infantil - 2015

O Ministério da Saúde por meio da Secretaria de Estado da Saúde e Secretaria Municipal de Saúde de Indaial, realizará a Campanha Nacional de vacinação contra a Poliomielite e Campanha nacional de Multivacinação (atualização de carteirinha) que acontecerá do dia 15 a 31 de Agosto de 2015, sendo que o dia Nacional de mobilização dia “D” será no Sábado dia 15.

Confira os locais de vacinação no dia 15:

Tapajós – ESF Remo Wendorf
Warnow – ESF Guinther Ricardo Ebert
Estrada das Areias – ESF Artur Keunecke

Encano Baixo – ESF Irineu Kienen
Centro – Unidade de Saúde Heinz Schütz
Encano do Norte – ESF Albert Sabin
Rio Morto – ESF Dr. Nilo de Freitas
João Paulo II – ESF. Dr. Renato Ferreira de Melo
Benedito – ESF Bertolina May Kechele
Arapongas – ESF Adele Kuehl
Carijós – ESF Caetano da Silva Porto

 

Este é o 36º ano de Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e o 26º ano livre da doença no país. Desde a realização da Assembleia Mundial da Saúde (1988), houve redução da incidência mundial dessa doença em mais de 99% e o número de países onde a pólio é endêmica passou de 125 para três (Nigéria, Paquistão e Afeganistão). Sem esse esforço internacional, mais de 10 milhões de pessoas teriam sido afetadas pela poliomielite.

A Iniciativa Global de Erradicação da Poliomielite (criada em 1988) permitiu que a doença, hoje, afete um número reduzido de crianças ao redor do mundo. No entanto, essa situação vai mudar rapidamente se a poliomielite não for erradicada, uma vez que a doença tem potencial epidêmico e ainda restam três países endêmicos, representando uma ameaça às áreas livres.

Atualmente, dados da OMS demonstram que entre os anos de 2014 e 2015, nove países registraram casos da doença, e na sua maioria, decorrente de importações do poliovírus selvagem de países endêmicos ou de países não endêmicos. Em 2015, até o dia 22 de julho, foram registrados 33 casos da doença, todos nos países endêmicos (28 no Paquistão e 05 no Afeganistão).

No Brasil, foram notificados 2.564 casos de poliomielite em 1979 e 1.290 em 1980, quando se iniciaram as campanhas nacionais de vacinação. Em 1981, foram apenas 122 casos notificados. Entretanto, em 1984 houve o recrudescimento de casos no Nordeste, quando se registrou baixa cobertura vacinal e problemas na conservação de vacinas. Em 1989, foram registrados os últimos casos de poliomielite no país, mantendo-se com incidência zero desde aquele ano. Em 1994 o país recebeu da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) a Certificação de área livre de circulação do poliovírus selvagem do seu território, juntamente com os demais países das Américas.

Atualmente, ocorre apenas uma etapa da campanha de vacinação indiscriminada para crianças de seis meses a menor de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias) com a vacina oral poliomielite (VOP). A VOP administrada em campanhas produz extensa disseminação do vírus vacinal, capaz de competir com a circulação do vírus selvagem, interrompendo abruptamente a cadeia de transmissão da doença. Ao circular pela comunidade, a vacina promove imunização coletiva.

No Município de Indaial são 3.528 crianças na faixa etária da vacinação, a meta é vacinar no mínimo 95%, o que representa 3.352 crianças.

A Vacina estará disponível em todas as salas de vacinas no período da campanha em horário de funcionamento das unidades e no sábado dia 15 das 8h às 17h.

 

Fonte: Informe técnico produzido pela CGPNI/SVS/MS - Adaptado para o Programa Estadual de Imunizações-SC

Fundo Municipal Saúde de Indaial - CNPJ 11.355.483/0001-63

Rua Leoberto Leal 155 - Tapajós - Indaial/SC CEP 89130-000

Copyright © 2016. All Rights Reserved.